Como escolher as caixas de transporte para animais de estimação

Como escolher as caixas de transporte para animais de estimação

Quando o seu animal de estimação precisa de ser levado fora da casa em férias, fim de semana ou clínica veterinária, o seu animal de estimação ficará mais confortável em caixa de transporte para animais.
Os caixas de transporte estão disponíveis para diferentes animais, diferem em design, materiais, tamanhos e são adequados para diferentes situações.

Quais são as caixas de transporte de animais de estimação?

São necessários transportadores de cães para viajar com o seu animal de estimação no carro, em transportes públicos ou num avião.
Os caixas de transporte para cães e gatos são quase idênticos e diferem apenas em tamanho. Transportadoras para pequenos animais, tais como furões, roedores e répteis, parecem recipientes de plástico ventilados. As aves são transportadas em gaiolas especiais.
Existem vários tipos básicos de caixas de transporte: sacos, contentores ou caixas, mochilas e cestos. É conveniente ter dois tipos ao mesmo tempo — por exemplo, uma mala de tecido para viagens curtas e um contentor de plástico para viagens longas.

Caixas de transporte para animais:

Quais formatos são malas e mochilas para transportar animais.

Uma mala acolchoada em forma de saco feito de tecido durável ou couro falso é adequado para transportar gatos, cachorros e cães pigmeus. Parece um saco de ginástica com um orifício de ventilação e um fundo plano ou, melhor, um fundo de armação. A transportadora é normalmente pequena e não atrapalha nos transportes públicos ou num carro.
As malas devem ter pegadas confortáveis e uma alça ou alças para o ombro – será útil quando tiver de transportar outra bagagem de mão ao mesmo tempo. Malas com um compartimento ou bolso extra para uma tigela de viagem, ou bebedouro são úteis. O mais prático é um saco de armação com costuras reforçadas e fundo rígido, que resistirá ao peso do seu animal de estimação e não se arqueará.
Alguns malas de transporte mantêm a cabeça do seu animal de estimação lá fora para que ele possa respirar e ver o que se passa à sua volta. Com estes modelos, é necessário prender a coleira do seu animal a um mosquitão especial dentro da mala.
Os caixas de transporte sobre rodas, com paredes e fundo reforçados são adequados para o transporte de animais de tamanho médio. Estão equipados com janelas de ventilação e uma pega para transporte.
Desvantagens das malas: o material pode ser pouco respirável, no verão o animal pode aquecer-se no saco, e na chuva o pano pode ficar molhado. As paredes macias não protegem contra nódoas negras e o seu animal de estimação pode danificá-las com as suas garras e dentes.

Malas, mochilas, bolsas para transportar animais:

Quais são as vantagens mochilas e malas para animais de estimação

Se um gato ou um cão pequeno for sedentário, silencioso e não pesar mais de 5–6 kg, pode colocá-los numa mochila e colocá-los no dorso. O animal não se molhará com a chuva – os produtos são cosidos a partir do nylon. Tais mochilas são populares entre os ciclistas, embora nem todos os animais de estimação se sintam confortáveis para viajar com tremores e numa só posição.
Os cães pequenos devem sentir-se confortáveis numa pequena bolsa que os mantenha perto dos seus donos, fazendo-os sentir mais próximo e menos nervosos. O ideal seria que a bolsa estivesse ao nível do peito do proprietário.
Muitas mochilas e malas de funda têm janelas ou aberturas para a cabeça para que o animal de estimação possa observar o que se passa. A abertura pode ser coberta com uma malha robusta ou vigia transparente. Estes suportes são populares para passeios na cidade com o gato, especialmente se estiverem equipados com uma estrutura rígida.

Mochilas e malas:


Quais são as vantagens dos caixas de transporte plásticos

Um contentor de plástico é considerado a forma mais confortável e fiável de transportar o seu animal de estimação: nele, o animal de estimação assenta sobre uma superfície sólida, protegido de choques e sofre menos solavancos.
Um bom transportador plástico pode ter suportes para assentos de automóveis, e a porta pode ter uma rede de malha ou uma rede resistente para ventilação. Um bebedouro ou uma tigela de viagem para o animal de estimação pode ser presa ao lado. O chão e as paredes não se molham para que se possa usar o suporte à chuva, colocá-lo sobre o chão molhado ou colocar uma fralda absorvente no interior.
As fechaduras devem ser seguras para que nem mesmo um cão forte possa abrir a transportadora por si só. Pode colocar o brinquedo preferido do seu animal de estimação na caixa para a paz de espírito do seu animal durante a viagem.

Transportadoras plásticos:




Os animais podem ser transportados em cestos e carrinhos para animais.

Cestos especiais feitos de plástico ou materiais naturais podem ser utilizados como suportes de automóveis. Algumas opções serão também adequadas como um local permanente para dormir em casa – isto reduzirá o stress do transporte, porque o animal se habitua ao cesto. Uma cama pode ser colocada no interior.
Os cestos são bem ventilados, suficientemente rígidos e duráveis, mas os produtos de vime têm medo da humidade e absorvem odores estranhos, inconvenientes para limpar. Os cestos podem ser demasiado volumosos e não ser adequados para viagens aéreas.
Carrinhos para animais de estimação são frequentemente necessárias para passeios: são convenientes para levar animais de estimação pequenos, doentes ou idosos a passear para apanhar ar fresco. Estes carrinhos, tal como os carrinhos de bebé, podem ser acompanhados por sacos de transporte, mochilas e outros acessórios.

Porque são necessárias casotas de tendas para animais.

As casas de tendas são construções de armações leves feitas de tecido e redes duráveis. Na maioria das vezes são utilizados em exposições: as paredes podem ser desdobradas e retiradas para obter o animal de estimação, ou a rede, ou película transparente pode ser deixada para que outros a vejam.
As paredes macias não protegerão o seu animal de estimação de ferimentos, e se ele quiser, pode danificá-los, por isso não é adequado para viagens.

Porta-cães:

Como escolher uma caixa de transporte por tamanho e peso do animal

Todos os tipos caixas de transporte estão divididos de acordo com o tamanho e a raça: grandes, médios, pequenos e anões. Em regra, as transportadoras de cães pequenos e anões também são adequados para gatos e cachorros.
Antes de comprar, o animal deve ser medido a fim de escolher o transportador com estes dados. Existem regras gerais: o tamanho do animal deve ser suficientemente grande para se levantar livremente, virar 360°, levantar a cabeça e prolongar o seu comprimento. A altura do portador deve ser 10 cm superior à altura do cão, e a largura deve ser aproximadamente igual a dois tamanhos do peito do animal.

Não comprar um transportador demasiado grande para que o animal de estimação não fique pendurado no seu interior e não se choque contra os lados. É importante considerar o peso do cão ou gato, para que a estrutura não se desfaça no caminho, as pegas não se soltem e as rodas não se segurem, pelo que é melhor pesar o animal antes da compra e verificar os parâmetros nas etiquetas do produto.

Para viagens longas, é necessária uma transportadora que seja 1,5 a 2 vezes maior do que o tamanho do seu animal de estimação. Se planeia transportar dois animais de estimação no transportador, divida-o em dois compartimentos para garantir que haja espaço suficiente para ambos e nenhum risco de ferimentos.

O que deve estar atento ao comprar caixa de transporte para animais.

Para visitas em clínica veterinária é suficiente uma mala de tecido, para viagens sérias e voos é melhor comprar um transportador de plástico.

A mala deve estar equipada com pegas de diferentes comprimentos: curta – para transportar nas mãos, cinta comprida – para pendurar a mala no ombro. Malas com bolsos no exterior são úteis, para que possa guardar brinquedos, comida e outras coisas necessárias. As malas com inserções de espuma são mais quentes no inverno e mantêm melhor a sua forma.

O fundo deve ser rígido e impermeável, para que o animal se sinta apoiado e a humidade não vaze em caso de força maior. É importante inspecionar cuidadosamente as costuras, fechaduras, cintas e acessórios para verificar a sua resistência. Não deve haver odor químico pungente, nem partes pontiagudas ou apunhaladas.

Numa caixa de plástico as portas são importantes: devem ser de metal, bem fechadas e presas, mas fáceis de abrir e fechar. A pega no telhado da caixa deve ser forte, mas se o animal for grande e pesado é melhor comprar um modelo em rodízios. Para facilitar a limpeza é melhor que a parte superior do cortador possa ser removida ou que o portador possa ser completamente desmontado.

Um bom ângulo de visão é importante – isto evitará que o animal de estimação entre em pânico num espaço fechado. Deve haver orifícios de ventilação em torno do perímetro do transportador.

Para manter o animal de estimação mais quente no transportador, pode ser coberto com uma cobertura especial. Importante: As caixas e malas escuras ficam mais quentes ao sol.


Qual é a diferença entre as caixas de transporte para viagens aéreas.

Para as viagens aéreas, as transportadoras podem exigir tipos especiais das caixas de transporte para satisfazer certos requisitos. Algumas companhias permitem o transporte de pequenos animais de estimação na cabine – na transportadora que cabe debaixo do assento; outras exigem que o animal de estimação seja preparado para o voo no compartimento de bagagem.
As companhias aéreas tendem a detalhar as regras sobre o transporte de animais de estimação, e estabelecem requisitos claros para a conceição da transportadora – esta informação está sempre disponível no website oficial. Na maioria das vezes, para viagens aéreas, utilizar caixas de transporte de plástico com fechadura dupla, fechos para taças e bebedouros, com boa ventilação.

Transportadoras para viagens aéreas:




 

Que acessórios são úteis para o transporte animais no veículo.

Os cintos e os arreios de várias configurações são necessários para limitar a mobilidade do animal no carro se este for transportado sem uma caixa de transporte: o animal não cairá do assento durante travagens bruscas e não saltará do carro.

As grelhas deslizantes para animais de estimação permitem-lhe criar mais espaço para o seu cão. Podem ser colocados na janela ou na mala de bagagem, podem ser ajustados em largura e altura, e são fáceis de desmontar.

O interior do carro e as capas de assento são úteis para proteger os estofos dos bancos contra pelo, garras e dentes do animal de estimação, limitando ligeiramente a sua mobilidade.

As rampas para cães podem ser úteis se o animal tiver pernas curtas, for idoso ou frágil, tiver doenças articulares ou um sistema músculo-esquelético frágil. Nestas condições, a tentativa de saltar para dentro ou para fora do veículo pode ser prejudicial.

Acessorios para transportadoras no veiculo:



O que transportar roedores e outros pequenos animais de estimação.

Os roedores – hamsters, ratos, coelhos, furões e outros pequenos animais – também têm de ser levados ao veterinário ou para levá-los de férias ou para a casa de campo. Para tais animais, os mais comuns são malas especiais, pequenas gaiolas fortes ou pequenos recipientes de plástico com orifícios de ventilação.

Os sacos macios têm pegadas e redes de nylon para ventilação – são utilizados para transportar furões, hamsters ou porquinhos-da-índia.

Os recipientes de plástico são semelhantes a pequenos cestos ou cortadores para cães e gatos. Também eles têm uma pega e orifícios para a circulação de ar. Os recipientes de roedores podem ser feitos de plástico transparente para que se possa observar o estado e o comportamento do animal de estimação.

Nunca transporte o seu animal de estimação num saco ou garrafa de plástico, pois pode asfixiar. Uma caixa de cartão não é adequada: os roedores farão rapidamente um buraco nela e escaparão.

Como são transportadas as aves.

As gaiolas de transporte para animais de estimação com penas não são concebidas para uma vida permanente. A sua peculiaridade é que são mais compactos do que o habitual e não estão completamente abertos. Por exemplo, o chão e parte das paredes são isolados com inserções de plástico ou Plexiglas duráveis – permite proteger as aves de ruídos e luz desnecessários.

Dentro das gaiolas portáteis para aves podem estar recipientes de viagem para comida e água, bem como um poleiro para sentar. O produto deve ter um cabo robusto na tampa por conveniência.

Transportadoras para aves:

Como transportar répteis e peixes.

Os répteis devem ser transportados em recipientes de plástico bem fechados e opacos com furos de ventilação pouco profundos, mas frequentes e um fundo fechado. Os contentores não devem ter cantos afiados ou partes afiadas para que o animal não seja esbarrado, ou ferido. É importante que o recipiente não congele nem se aqueça ao sol.

Contentores com óculos escurecidos e sem cantos afiados ou sacos de várias camadas hermeticamente fechadas são normalmente utilizados para o transporte de peixe.

Transportadoras para répteis e peixes:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.